terça-feira, 2 de setembro de 2014

Líder do governo, Vereador Max Barbosa responde críticas e diz que gestão municipal tem buscado atender as reivindicações


O líder do governo, Vereador Max Barbosa (PC do B), em seu pronunciamento de segunda-feira (25), respondeu várias críticas relacionada a gestão municipal e afirmou que o governo tem buscado atender as revindicações. 

Respondeu a questão do lixo que cai nas estradas quando a caçamba leva até o lixão. Disse que o Prefeito João Piquiá (PTB) já tomou conhecimento e que providências serão tomadas.

A respeito dos salários dos Conselheiros Tutelar, ele afirmou que em conversa recente, o Prefeito se prontificou a estudar um aumento nos vencimentos dos Conselheiros e disse que todos os vereadores entende a necessidade, já que a responsabilidades dos mesmo são muito grande. 

Comentou também dos requerimentos da Vereadora Janete (DEM) e do Vereador Marcelo (PTB) que pede a construção de quebra molas nos locais de risco de acidentes. Afirmou que o governo no prazo de 15 dias estará atendendo.

Respondeu ao Vereador Ivonildo (PP) sob o mal atendimento hospitalar por falta de ambulância. Disse se sentir muito preocupado com a situação e ia buscar as informações para resolver os problemas.

Ainda assim, respondeu a Vereadora Zeimar (PT) que acusou o governo de não buscar aluno por questões políticas. Disse que é inaceitável, caso se confirme a denúncia, providências serão tomadas sobre o caso.

Em relação a grande polêmica da semana, em que o comerciante Alvino foi despejado por ação da prefeitura ele afirmou "não sabia, mas quando soube de uma forma ou de outra mexeu com a gente pois é se trata de um trabalhador honesto"

Disse ter ido buscar as informações e a Prefeitura apresentou ofício esclarecendo o ocorrida. Leu dois ofícios em que a corporação policial pedia um local para instalar um posto policial e outro pedindo ao comerciante o local o qual o comerciante se recusou a atender. Assista o vídeo!

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Vereadora Valéria acusa ação de despejo da Prefeitura como ato desumano e chamou de covardia a forma como foi enviado o Projeto de Lei que concede reajuste aos servidores de Sítio Novo


Em pronunciamento realizado na sessão de segunda-feira (25), a Vereadora Valéria (PRP), acusou a Prefeitura de Sítio Novo de agir de forma desumana, quando usou a justiça para despejar o comerciante Alvino e chamou de covardia a forma sorrateira usada para encaminhar Projeto de Lei que concede reajuste de salários dos servidores públicos.

Segundo a vereadora, o Projeto foi encaminhado sem aviso aos vereadores e que seria votado somente com a base de sustentação do governo. 

Acusou de inconstitucional o ato, já que o projeto veio faltando "pedaços" (anexo I) modificando a carga horária de trabalhado dos profissionais da saúde.

Assista o pronunciamento!

domingo, 31 de agosto de 2014

Imagens do dia: Início de votação das eleições do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Sítio Novo

Começa a eleição do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Sítio Novo-MA, que tem como cabeça de Chapa, o Sindicalista Bento Barros. A apuração dos votos iniciará as 17 horas. Bento Barros deve assumir o mandato por mais 4 anos










sábado, 30 de agosto de 2014

Vereadora Zeimar, repudia ação de despejo contra comerciante e denuncia falta de transporte escolar na região


A Vereadora Zeimar (PT), em sessão realizada na segunda-feira (25), repudiou a ação de despejo do comerciante Alvino e denunciou a falta de atendimento de dois estudantes na região, que segundo ela, o carro escolar não estaria indo buscá-lo.

Durante sua fala, ela disse que o governo age com muito discurso, de que "tudo está bom, mas suas reações  são contrárias". Disse que o caso do comerciante repercutiu em toda região e lamentava o ocorrido "em município tão pequeno onde todos precisam de todos" afirmou. Assista o vídeo!

Datafolha confirma: Hoje, Marina seria eleita

Pesquisa Datafolha, divulgada nesta sexta-feira, apontou empate técnico, no primeiro turno, entre a presidente Dilma Rousseff e a ex-senadora Marina Silva na sucessão presidencial; ambas teriam 34%, contra 15% de Aécio Neves; no entanto, na simulação de segundo turno, Marina venceria, com dez pontos de vantagem (50% a 40%); nesta sexta, ela afirmou ainda que o povo brasileiro já elegeu um acadêmico, um operário e "há de eleger uma professora que veio do seringal da Amazônia"


A pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira confirmou uma tendência apontada, nesta semana, por outros dois levantamentos: um do Ibope, outro do instituto MDA, contratado pela Confederação Nacional do Transporte. Se as eleições fossem hoje, Marina seria eleita presidente da República, no segundo turno. Ela venceria a presidente Dilma Rousseff com dez pontos de vantagem, por 50% a 40%.

No primeiro turno, Marina tem 34%, empatada com Dilma, que tem os mesmos 34%. O tucano Aécio Neves, por sua vez, caiu para 15%.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Aécio, a petista venceria por 48% a 40%.

A candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, classificou como "lamentável" o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no segundo trimestre, que levou o país a entrar em recessão técnica pela primeira vez desde a crise financeira global de 2008/09.

"É lamentável que tenhamos tido por dois trimestres seguidos um crescimento que deixe o país numa situação difícil", disse a candidata, em discurso durante o anúncio de seu programa de governo.

A ex-senadora, que assumiu a liderança da chapa após a morte trágica de Eduardo Campos em um acidente aéreo, disse que a comoção com o falecimento do ex-governador de Pernambuco reflete um desejo de mudança.

Marina disse que em 2010 a sociedade lhe deu quase 20 milhões de votos, em 2013 houve as manifestações populares e "agora há uma comoção com a morte de Campos".

Marina afirmou ainda que o povo brasileiro já elegeu um acadêmico, um operário "há de eleger uma professora que veio do seringal da Amazônia.

FONTE: BRASIL247

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Chiquinho Escórcio faz e mostra seu trabalho. Veja algumas das ações do deputado pela Região Tocantina



Imperatriz e toda Região Tocantina reconhecem o trabalho do deputado federal Francisco Escórcio (PMDB) pela melhoria da qualidade de vida da população.O vídeo a seguir, mostra um pouco mais das principais ações alcançadas por Chiquinho durante seu mandato na Câmara Federal. São lutas junto aos governos Estadual e Federal e também com a iniciativa privada, que têm contribuído para um maior desenvolvimento do Sul do Maranhão.

Entre elas, é relevante citar a obra da travessia urbana de Imperatriz; a construção do Mercado do Peixe, obra que recebeu investimentos estimados em R$ 2 milhões; revitalizou o mercado da Nova Imperatriz; conseguiu a aprovação do Ministério da Educação para o Curso de Medicina da Universidade Federal, que vai abrir 80 vagas; levou um moderno ônibus de combate ao câncer; destinou R$ 6,3 milhões para a reforma e ampliação do aeroporto de Imperatriz, aumentando a capacidade para 500 mil usuários ao ano; a recuperação das vias de acesso a Praia do Cacau; a implantação do transplante renal; a recuperação asfáltica da Avenida Pedro Neiva de Santana.


O deputado conseguiu ainda dez novas ambulâncias do SAMU para atender não só a Imperatriz como também a todos os municípios da região. Foi ele o idealizador do Jogo da Solidariedade, que reúne todos os anos, artistas e craques do futebol, em favor das APAES e hospitais do câncer; conseguiu três novas agências do INSS e a contratação de mais vinte peritos para agilizar os atendimentos; lutou em favor da segurança local, conseguindo a compra de uma Escada Magirus (avaliada em R$ 4 milhões), de vinte hidrantes, uma ambulância e um carro de combate a incêndio para os bombeiros.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Vereador Ivonildo critica serviços do SAMU e o precário atendimento hospitalar


O Vereador Ivonildo (PP), usou seu pronunciamento na Sessão desta segunda-feira (25), para engrossar as reclamações da população em relação ao SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que não tem atendido as diversas ocorrências por falta de viatura.

Ele citou como exemplo, o caso de um senhor que mora no Povoado Campestre, que após um acidente de cavalo teve uma fratura no tornozelo e que nenhum raio x a rede hospitalar possuía e questionou a verba de emenda da Deputada Estadual Valéria Macedo (PDT) enviada para compra de aparelhos. Assista o vídeo.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Vereador Zé Pereira lamenta ação de despejo contra comerciante, mas diz que prefeito ofereceu condições para desocupação


O Vereador Zé Pereira em seu pronunciamento nesta segunda-feria (25) afirmou lamentar a ação da Prefeitura de Sítio Novo contra o comerciante Alvino, porém disse que foi informado pelo Prefeito João Piquiá (PTB) que a prefeitura ao tomar conhecimento do ofício da ação de despejo, ofereceu condições para retirada dos objetos. Assista o vídeo!

Vereadora Gracineide se solidariza com comerciante e cobra leis que seriam revogadas

Conforme combinado, o blog publicará na medida que a internet melhorar as falas dos vereadores da sessão de segunda-feira (25). 


Durante a Sessão da Câmara de Vereadores desta segunda-feira (25), a Vereadora Gracineide (PSD),  também se solidarizou com o comerciante Alvino, que teve ação de despejo promovida pela Prefeitura de Sítio Novo

Ela comentou que vários alunos e professores da Escola Parsondas de Carvalho ficaram chocados com a forma como a ação foi promovida. 

Disse que muitas pessoas chegaram a questionar a era do Ex- Prefeito de Sítio Novo, Dr. Sansão que também usou de ação para derrubar barracas em área invadida. 

Argumentou que a ação na época era diferente, já que os gastos envolvidos era menor e que muitas das pessoas que invadiram não queriam terreno para morar e sim para comercializar.

Aproveitou para cobrar da Casa Legislativa as leis que seriam revogadas no Projeto de Lei que concede reajuste aos servidores públicos. 

Disse que não poderia votar em projeto sem saber o que está sendo revogado. Assista a íntegra de sua fala.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Marina supera Aécio em 10 pontos no 1º turno e venceria Dilma no 2º turno, diz Ibope

SÃO PAULO (Reuters) - A primeira pesquisa Ibope com Marina Silva oficialmente na corrida presidencial mostrou a candidata do PSB com 29 por cento das intenções de voto, 10 pontos percentuais à frente de Aécio Neves (PSB), que tem 19 por cento, e próxima da líder Dilma Rousseff (PT), com 34 por cento.

A sondagem, divulgada nesta terça-feira no site do jornal O Estado de S.Paulo, mostra Marina ainda com mais força do que em pesquisa Datafolha da semana passada, quando ela tinha 21 por cento, em empate técnico com Aécio, com 20 por cento, mas bem atrás de Dilma, que tinha 36 por cento.

Em simulação de segundo turno da pesquisa Ibope, Marina venceria Dilma por 45 a 36 por cento. Se o confronto fosse entre a presidente e o tucano, Dilma venceria por 41 a 35 por cento.

A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.


Vereador Menervaldo classifica ação de despejo realizada pela Prefeitura de Sítio Novo como ato irresponsável



O Vereador Menervaldo (PRP), classificou como ato irresponsável a ação da Prefeitura de Sítio Novo numa ordem de despejo do comerciante Alvino, dono da lanchonete próximo ao Parsondas de Carvalho. 

O pronunciamento foi realizado na sessão da Câmara de Vereadores desta segunda-feria (25), quando o parlamentar usou a fala para ressaltar a importância do estabelecimento para os estudantes e os visitantes que passavam por Sítio Novo. 

Ele se solidarizou com o comerciante e disse que nunca tinha visto algo parecido, nem na desocupação dos donos de Terra da área indígena. 

Seu pronunciamento rendeu vários comentários dos vereadores que condenaram a atitude.

Assista a íntegra de seu pronunciamento.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Sessão da Câmara é marcada por discussões e reclamações


Em reunião ordinária da Câmara Municipal de Sítio Novo-MA, realizada nesta segunda-feira (25), foi marcada por discussões e reclamações. 

O Vereador Menervaldo (PRP), reclamou da ação da Prefeitura em desfavor de Alvino, dono da lanchonete que se encontrava localizado próximo ao Colégio Parsondas de Carvalho.

O assunto rendeu vários comentários dos vereadores, que se solidarizaram com o comerciante  e condenaram a atitude da prefeitura, que ajuizou ação de despejo do comerciante.

Segundo os vereadores, a lanchonete atendia alunos e turistas que passavam por Sítio Novo e que além disso geravam renda para o município.

Apesar do líder do governo, Max Barbosa (PC do B) afirmar que se tratava de um pedido da Delegacia de Sítio Novo, que solicitava um local para instalação de um posto policial, a maioria dos vereadores não se deram por satisfeito e até sugeriram a manutenção dos dois estabelecimentos, afirmando haver espaço físico.

Outra discussão e reclamação partiu do Vereador Ivonildo (PRP). Ele afirmou que um cidadão teve uma acidente de cavalo e precisava realizar um raio x. Disse que a Deputada Valéria Macedo (PDT) havia encaminhado uma emenda para compra de equipamentos hospitalares e questionou "onde estão estes aparelhos?"

Mas o maior ponto de discussão foi o Projeto de Lei 023/2014 que atende os reajustes dos servidores e altera artigo da Lei 354/2012 que amplia a carga horária dos profissionais da saúde.

A vereadora Valéria (PRP) realizou um belo discurso. Ela criticou a ação da prefeitura de enviar o Projeto de Lei, sem o anexo I. Trata-se do anexo que amplia a carga horárias dos profissionais da saúde de 20h para 40h semanais. 

Em seu pronunciamento, ela afirmou que a ação é inconstitucional por ter sido encaminhado em cima da hora, sem parecer das comissões da Câmara.

A vereadora Gracineide (PSD) e o Vereador Ivonildo (PP) também criticaram a ação e sugeriram a votação apenas dos termos celebrados entre a Prefeitura de Sítio Novo e o Sindicato.

Já o Presidente da Casa Legislativa, Vereador Canário (PTB), foi incisivo na questão. 

Disse que a iniciativa do executiva era corrigir uma ilegalidade cometida pela administração passada, que a menos de 10 dias para terminar o mandato, a gestão aprovou uma lei reduzindo   a carga horária de 40 horas para 20 horas semanais para alguns profissionais.

Segundo ele,  um pequeno grupo de servidores e inclusive o ex-prefeito de Sítio Novo seria beneficiado e chegou a indagar o Presidente do SINSERPSINO, Professor Abel, se ele representava as classes de servidores e se tinha conhecimento da Lei.

Professor Abel argumentou que assumiu o sindicato em janeiro de 2013 e que como servidor não tinha conhecimento da Lei que reduzia as cargas horárias, porém, destacou que já há movimento a nível nacional em busca de redução de carga horária de 20h e 30h para os profissionais ligado a saúde. 

Disse que a lei foi imoral por ter sido aprovado num período pós-eleições beneficiando um grupo de pessoas que deixavam o poder, no entanto, afirmou que a retirada do Anexo I do Projeto de Lei foi imoral por ter ocorrido também na surdina da noite e sem ampla discussões com as classes de servidores. 

Pediu que a casa legislativa e o executivo avaliasse as ações ocorrida e buscasse caminhos que favorecessem o diálogo e trouxesse benefícios a sociedade e principalmente aos servidores.

Assim que a internet melhorar, durante a semana vamos publicar as falas de cada vereador. Aguarde!

domingo, 24 de agosto de 2014

Enfermeiros terão jornada de 30h na rede estadual de saúde


A tão sonhada jornada de trabalho de 30 horas semanais será garantida aos enfermeiros que trabalham na rede estadual de saúde a partir do final deste ano, com o efetivo funcionamento da Empresa Pública de Serviços Hospitalares (Hospitalar). A garantia foi dada pelo secretário estadual de saúde, Ricardo Murad, em reunião com integrantes da Chapa 2 na disputa pelo comando do Conselho Regional de Enfermagem (Coren/MA).

“Uma das prioridades da nossa gestão foi a valorização dos nossos profissionais. Investimos na melhoria das condições de trabalho e na capacitação, e agora vamos atender a uma antiga reivindicação da categoria, que é a implantação da jornada de trabalho de 30 horas semanais. Um reconhecimento a toda a dedicação que os enfermeiros têm dispensado aos usuários do sistema estadual de saúde”, destacou o secretário Ricardo Murad.

Com a mudança, o enfermeiro que hoje cumpre carga horária de 36 horas por semana terá reduzida sua jornada, podendo usar esse tempo livre para exercer outras atividades, profissionais ou de estudo, ou mesmo para seu lazer. As adequações nas escalas de trabalho já estão prontas para serem implantadas a partir do mês de dezembro, e a redução da jornada beneficiará também os técnicos de enfermagem.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Prefeitura de Sítio Novo encaminha projeto de Lei a Câmara de Vereadores que estabelece acordo coletivo de trabalho 2014 do SINSERPSINO

A Prefeitura de Sítio Novo, através do Prefeito João Piquiá (PTB), encaminhou nesta terça-feira (19) o Projeto de Lei nº 023/2014 que estabelece a Proposta de Termo Coletivo de Trabalho 2014, celebrado entre a Prefeitura de Sítio Novo e o Sindicato dos Servidores e Servidoras do Serviço Público Municipal de Sítio Novo-MA (SINSERPSINO).

No Projeto é assegurado todas as cláusulas discutida com o Sindicato inclusive o pagamento retroativo a 1º de junho de 2014. 

Apesar da sessão ter quorum de vereadores, a votação do Projeto foi adiado para esta segunda-feira (25), já que o Projeto foi Encaminhado sem o Anexo I, de que trata o artigo 3º § 2º  da Lei 354/2012. 

Veja a íntegra do Projeto:





FONTE: ASCOM/SINSERPSINO

terça-feira, 19 de agosto de 2014

O blog de Jorge Aragão apontou os prováveis eleitos a Deputado Federal e Estadual no Maranhão

Após conversas com analistas, Jorge Aragão publicou em seu blog os principais Deputados Federal e Estadual que sairão vitoriosos nesta eleição: 


Veja as matérias:

O Blog, após conversar com alguns analistas políticos, publica a relação dos principais candidatos a deputado federal no Maranhão. O Blog fez o levantamento por coligação e dividiu em aqueles que estariam “eleitos” e aqueles que brigam por “vagas”.

No entanto, o Blog deixa claro que o levantamento pode obviamente sofrer algumas modificações, afinal ainda faltam aproximadamente 50 dias para as eleições do dia 05 de outubro. O Blog tem a intenção de fazer outras duas listas, uma no mês de setembro e outras ás vésperas da eleição e poderemos ver se teremos alguma modificação.

Coligação “Pra Frente Maranhão” (PMDB – PV – PRB – PTB – DEM e PR) – 6 ou 7 vagas
Eleitos: Pedro Fernandes (PTB), Sarney Filho (PV) e Cléber Verde (PRB);
Brigando: Victor Mendes (PV), Hildo Rocha (PMDB), Sétimo Waquim (PMDB), Alberto Filho (PMDB), João Marcelo (PMDB), Chiquinho Escórcio (PMDB), Davi Júnior (PR) e Paulo Marinho Júnior (PMDB);

Coligação “Democrata Trabalhista” (PRP – PRTB – PTN – PSDC e PSL) – 3 vagas
Eleito: Juscelino Filho (PRP);
Brigando: Ricardo Archer (PSL), Pereirinha (PSL), Chico Coelho (PSL) e Aluísio Mendes (PSDC);

Coligação “Por um Maranhão mais forte” (PEN – PTdoB – PSC – PMN e PHS) – 2 ou 3 vagas
Eleito: André Fufuca (PEN)
Brigando: Júnior Marreca (PEN), Costa Ferreira (PSC), Lourival Mendes (PTdoB) e Dalton Arruda (PTdoB)

Coligação “Coligação pra seguir em frente com muito mais mudança” (PT e PSD) – 1 ou 2 vagas
Eleito: Zé Carlos (PT)
Brigando: Fábio Godin (PT) e Cláudio Trinchão (PSD)

Coligação “Todos pelo Maranhão” (PCdoB – PSDB – PSB – PPS – PP e SD) – 5 ou 6 vagas
Eleitos: Rubens Júnior (PCdoB), João Castelo (PSDB) e Zé Reinaldo (PSB)
Brigando: Eliziane Gama (PPS), Waldir Maranhão (PP), Domingos Dutra (SD), Simplício Araújo (SD) e Luana Alves (PSB)

Coligação “Todos pelo Maranhão 2” (PDT – PTC – PROS) – 1 ou 2 vagas
Eleito: Weverton Rocha (PDT)
Brigando: Julião Amin (PDT), Deoclídes Macedo (PDT) e Rosangela Curado (PDT)

Daqui a pouco o Blog postará a relação dos eventuais eleitos e dos que estão brigando para as vagas de deputado estadual no Maranhão.



DEPUTADO ESTADUAL



Conforme prometido, o Blog publica a relação dos principais candidatos a deputado estadual no Maranhão. O levantamento foi feito por coligação e dividiu em aqueles que estariam “eleitos” e aqueles que brigam por “vagas”.

No entanto, o Blog deixa claro que o levantamento pode obviamente sofrer algumas modificações, afinal ainda faltam aproximadamente 50 dias para as eleições do dia 05 de outubro. O Blog tem a intenção de fazer outras duas listas, uma no mês de setembro e outras ás vésperas da eleição e poderemos ver se teremos alguma modificação.

Coligação “Pra Frente Maranhão” (PMDB – PV – PRTB – PTB – DEM – PR – PTdoB e PSC) – 15 ou 16 vagas
Eleitos: Andrea Murad (PMDB), Roberto Costa (PMDB), Max Barros (PMDB), César Pires (DEM), Antônio Pereira (DEM), Edilázio Júnior (PV), Adriano Sarney (PV), Rogério Cafeteira (PSC) e Stênio Rezende (PRTB);
Brigando: Nina Melo (PMDB), Josimar de Maranhãozinho (PR), Hélio Soares (PMDB), Carlos Filho (PRTB), Manoel Ribeiro (PTB), Afonso Manoel (PMDB), Rigo Teles (PV), Fábio Braga (PTdoB), Léo Cunha (PSC), Hemetério Weba (PV), Socorro Waquim (PMDB) e Priscilla Louro (PR);

Coligação “Força Jovem” (PTN – PRP e PSDC) – 2 ou 3 vagas
Eleito: Marcos Caldas (PRP);
Brigando: Alexandre Almeida (PTN), Souza Neto (PTN) e Paulo Neto (PSDC);

Coligação “Vamos Juntos Maranhão” (PEN – PSD – PMN e PHS) – 3 ou 4 vagas
Eleitos: Jota Pinto (PEN) e Eduardo Braide (PMN)
Brigando: Carlinhos Florêncio (PHS), Ricardo Rios (PEN), Zé Eider (PMN) e Sérgio Vieira (PEN)

PSL – 1 ou 2 vagas
Brigando: Édson Araújo, Graça Paz e Roma

PRB – 2 ou 3 vagas
Eleito: Glalbert Cutrim
Brigando: Júnior Verde, Ana do Gás e Dr. Pádua

PT – 2 ou 3 vagas
Brigando: Francisca Primo, Zé Inácio, Yglesio Moyses, Valdinar Barros, Fernando Silva e Fransuila;

Coligação “Todos pelo Maranhão” (PCdoB – PSDB – PSB e PDT) – 8 ou 9 vagas
Eleitos: Humberto Coutinho (PDT), Othelino Neto (PCdoB), Neto Evangelista (PSDB) e Bira do Pindaré (PSB)
Brigando: Fábio Macedo (PDT), Rafael Leitoa (PDT), Raimundo Cutrim (PCdoB), Valéria Macedo (PDT), Ivaldo Rodrigues (PDT), Gardênia Castelo (PSDB), Telma Pinheiro (PSDB), Carlinhos Amorim (PDT) e Camilo Figueiredo Filho (PCdoB)

Coligação “Para um Novo Maranhão” (PPS – PROS – PP e SD) – 2 ou 3 vagas
Brigando: Rildo Amaral (SD), Wellignton do Curso (PPS), Patrícia Vieira (PROS), Vieira Lima (PPS), Levi Pontes (SD) e Calvet Filho (PPS)

PTC – 1 ou 2 vagas
Eleito: Edivaldo Holanda
Brigando: Nonato Aragão



segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Data Folha: Marina empata com Dilma no 2º turno

Candidata substituta de Eduardo Campos pelo PSB, Marina Silva obtém 21% das intenções de voto na pesquisa realizada após a morte do ex-governador e ultrapassada o tucano Aécio Neves, que marcou 20%; presidente Dilma tem 36%; na simulação de segundo turno, a ex-senadora fica numericamente à frente de Dilma, com 47% contra 43% – resultado é considerado empate técnico diante da margem de erro de dois pontos para mais ou para menos; já contra Aécio, Dilma venceria na segunda fase por 47% a 39%


SÃO PAULO (Reuters) - A ex-senadora Marina Silva apareceu em empate técnico na corrida presidencial com Aécio Neves (PSDB) no primeiro turno e com Dilma Rousseff (PT) no segundo turno, nas duas situações à frente dos adversários dentro da margem de erro, mostrou a primeira pesquisa eleitoral após a trágica morte do candidato Eduardo Campos (PSB).

Segundo o Datafolha, Marina, que deve ser confirmada candidata do PSB à Presidência da República nesta semana, aparece na disputa com 21 por cento das intenções de voto, acima dos 20 por cento de Aécio e atrás de Dilma, com 36 por cento.

Já na simulação de segundo turno, Marina fica numericamente à frente de Dilma, com 47 por cento das intenções de voto contra 43 por cento da presidente que busca a reeleição.

No primeiro turno contra Aécio e no segundo contra Dilma, trata-se de uma situação de empate técnico, já que a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

De acordo com o Datafolha, em um segundo turno entre Dilma e Aécio, a presidente venceria por 47 por cento a 39 por cento, o que representa uma vantagem da petista sobre a sondagem anterior em julho, que mostrava 44 por cento a 40 por cento, com empate técnico naquela ocasião dentro da margem de erro.

Os números do Datafolha afastam a hipótese de conclusão da eleição presidencial no primeiro turno, porque Marina tem quase três vezes as intenções de voto de Campos, que aparecia com 8 por cento, com a ex-senadora atraindo eleitores que antes se diziam sem candidato.

O presidenciável do PSB morreu na última quarta-feira, dia 13, em um acidente de avião no litoral de São Paulo. A morte repentina de Campos colocou Marina, sua vice na chapa, como nome natural a assumir a candidatura pelo PSB.

A entrada da ex-senadora na corrida presidencial não tira votos dos dois principais adversários: Dilma aparecia com os mesmos 36 por cento e Aécio com 20 por cento na pesquisa anterior feita pelo Datafolha.

As intenções de voto nulo ou em branco caíram de 13 por cento na pesquisa anterior para 8 por cento, enquanto os indecisos recuaram de 14 por cento para 9 por cento agora, disse o Datafolha.

O Datafolha ouviu 2.843 eleitores em 176 municípios em 14 e 15 de agosto. Números da pesquisa foram disponibilizados em reportagem no site do jornal Folha de S. Paulo na madrugada desta segunda-feira.

(Por Cesar Bianconi)

FONTE: BRASIL 247