terça-feira, 28 de outubro de 2014

SINSERPSINO cria comissão de construção da sede do sindicato e realiza café da manhã em homenagens ao dia dos servidores

James Dean; Jean Carlos, Edimar Chaves; Raimundo Machado e Abel Marinho
O Sindicato dos Servidores e Servidoras do Serviço Público Municipal de Sítio Novo-MA (SINSERPSINO), criou nesta terça-feira (28) a comissão de construção da sede do sindicato e aproveitou a data que comemora o dia do Servidor, para homenageá-los com o café da manhã.

O Presidente do SINSERPSINO, Professor Abel, agradeceu aos servidores pela presença e disse que reconhece os esforços e a dedicação dos mesmo nas prestações de serviços a sociedade e que seu compromisso é lutar por melhores condições de trabalho e valorização dos servidores. 

Ele comentou que não foi possível realizar a feijoada como havia sugerido no ano passado, face uma contenção de gasto para construção da sede do SINSERPSINO e que uma mudança no artigo do acordo coletivo de trabalho 2014, não permitiu a doação de um dia de serviços a assistência social do sindicato.

Disse ainda que está preparando o novo Acordo Coletivo de Trabalho 2015, a ser protocolado até o dia 05 de dezembro de 2014.

No encontro participaram as autoridades da casa legislativa, o vereador Ivonildo (PP); a vereadora Zeimar (PT); a vereadora Valéria Noleto (PRP) e o vereador Menervaldo (PRP). 

Antes do café, a professora Cláudia foi felicitada com abraços pelos servidores, pelo seu aniversário.

Após o café, um grupo de servidores se reuniram para apreciar o croqui da sede do sindicato. Vários modelos foram apresentados para serem apreciados num próximo encontro com os servidores. 

Durante as discussões, foi criado a comissão de construção da sede que será composta por Professor Jean Carlos, Professor James Dean; Professor Raimundo Machado; Professor Abel; Professor Edimar e Professor Silvério Reis, que se encarregará de acompanhar a obra. A comissão foi até o local do terreno para vistoriar as medições.

Veja as imagens do encontro!






























segunda-feira, 27 de outubro de 2014

SINSERPSINO promove café da manhã em homenagem ao dia do servidor público


No dia 28 de outubro comemora-se o dia do funcionário público. A data foi instituída no governo do presidente Getúlio Vargas, através da criação do Conselho Federal do Serviço Público Civil, em 1937.

Em 1938 foi fundado o Departamento Administrativo do Serviço Público do Brasil, onde esse tipo de serviço passou a ser mais utilizado.

As leis que regem os direitos e deveres dos funcionários que prestam serviços públicos estão no decreto nº 1.713, de 28 de outubro de 1939, motivo pelo qual é o dia da comemoração desse profissional.

Para comemorar esta data, o Sindicato dos Servidores e Servidoras do Serviço Público Municipal de Sítio Novo (SINSERPSINO) convida, em anúncio, os servidores públicos de Sítio Novo para um café da manhã nesta terça-feria, 28, as 8:00 horas e aproveitará para lançar a Pedra Fundamental da construção de sua sede. 

Assista a mensagem!


Imagens do Dia: Sitionovenses vão as ruas comemorar vitória de Dilma Rousseff

Nem mesmo sem terminar as apurações dos resultados das urnas, petistas e eleitores sitionovenses eufóricos com a expressiva votação de Dilma em Sítio Novo, mobilizaram-se e começaram uma verdadeira passeata pelas principais ruas da cidade. Buzinaços e gritos eram o que se houviam. Veja as imagens!








Com 100% das urnas apuradas, Dilma Rousseff é reeleita presidenta do Brasil e Maranhão contribui fortemente com o resultado


Na mais disputada eleição presidencial deste a redemocratização do país, em 1989, os eleitores brasileiros decidiram o segundo turno polarizado entre o azul e o vermelho que representa os dois partidos na corrida ao palácio da alvarada.

Com 100% das urnas apuradas, a Presidenta Dilma Rousseff (PT) se reelege com 51,64% (54.501.118 votos) contra 48,36% (51.041.155 votos).

As abstenções somaram 21,10% (30.137.479 votos). Brancos 1, 71% (1.921.819 votos) e nulos 4,63% (5.219.787 votos).

No Maranhão, a presidenta Dilma Rousseff registrou a maior votação proporcional do Brasil. O resultado se deve ao apoio dos dois grupos políticos do estado, Flávio Dino (PC do B) e Roseana Sarney (PMDB), além é claro, do reconhecimento dos maranhenses as ações do governo federal.

Com 100% das urnas apuradas no Maranhão, Dilma Rousseff registrou 78,76% (2.475.762 votos) contra 21,24% (667.517 votos).

As abstenções somaram 27,37% (1.230.596 votos). Brancos 1,06% (34.449 votos) e nulos 2,68% (87.579 votos).

domingo, 26 de outubro de 2014

O povo escolheu quem não vai jogar a conta da crise nas costas dele


Foi uma vitória épica de Dilma, não pelos números, definitivamente apertados, mas pelas circunstâncias em que ela ocorreu.

Dilma teve tudo contra ela.

Primeiro, uma mídia sempre disposta a miná-la, ou com certa sutileza, como fez a Globo, ou com total despudor, como foi o caso da Veja.

O ponto máximo dessa guerra da imprensa contra Dilma se deu a dois dias das eleições, quando a Veja antecipou uma capa com acusações gravíssimas contra ela e Lula sem prova nenhuma.

Mais uma vez – não por coincidência – explodiram denúncias estrepitosas de corrupção às vésperas das eleições.

Tem sido sempre assim. Os escândalos ganham as manchetes na hora em que os brasileiros pegam seu título de eleitor na gaveta.

A grande inovação, neste campo, veio de Dilma.

Ela encontrou um argumento que a fez sair da defesa para o ataque: mostrou, com clareza, quanto era oco o discurso moralista do PSDB.

A única diferença a favor dos tucanos, demonstrou Dilma, é que a corrupção do PSDB ao longos dos tempos não é noticiada e nem punida.

Da compra de votos para a reeleição de FHC ao dinheiro público posto por Aécio na construção de um aeroporto para uso privado, é extensa a lista de casos de delinquência tucana varrida para debaixo do tapete.

Dilma expôs a corrupção sob um novo ângulo, o do cinismo farisaico, e isto contribuiu poderosamente para sua vitória.

Daqui por diante, é presumível que os conservadores brasileiros procurem um novo caminho para atacar a esquerda, uma vez que o moralismo foi desmascarado espetacularmente depois de vitimar, no passado, Getúlio e Jango.

Dilma teve que enfrentar também durante sua campanha uma dramática crise econômica mundial, da qual país nenhum – nem a China – conseguiu escapar.

Seus adversários – de Aécio aos colunistas econômicos — tentaram ardilosamente atribuir a ela os problemas econômicos decorrentes da crise mundial, como se o Brasil fosse um patinho feio em meio a cisnes belos e felizes.

No debate econômico, particularmente, Dilma teve a seu favor a internet — o jornalismo digital. Milhões de brasileiros encontraram em sites jornalísticos independentes contrapontos ao discurso único das grandes empresas jornalísticas.

Dilma não terá tanto tempo assim para comemorar. 2015 vai ser um ano duro. A economia mundial continuará em crise, e o Brasil vai ter que lidar com isso.

Diante dessa perspectiva, os eleitores, ou por cálculo ou por instinto, fizeram a escolha melhor para eles.

No modelo representado por Aécio, a conta de uma crise é posta nas costas dos chamados 99% — o povo.

O nome bonito que se dá à pancada no povo é “ajuste”. Você corta custos de programas sociais, aumenta os juros para diminuir o consumo e frear a inflação – e ao fim de tudo isso brota uma recessão que ceifa empregos e massacra os salários.

Num momento de rara franqueza pouco antes da campanha, Aécio prometeu a empresários “medidas impopulares”.

No modelo representado por Dilma, há um esforço concentrado para poupar ao máximo os trabalhadores dos efeitos de uma crise.

A voz rouca das ruas fez a escolha por quem a protegerá mais – e quem poderia culpá-la por agir assim?

FONTE: DCM

Resultados das eleições presidencial nos sete municípios limítrofes de Sítio Novo

O resultado das eleições presidencial nos 07 municípios vizinhos de Sítio Novo são muito parecidos. A única diferença é o município de São Pedro dos Crentes onde a votação foi bem acirrada. Confira os resultados de cada município!







Dilma vence eleição em Sítio Novo com 72,24% dos votos válidos


A presidenta Dilma Rousseff (PT) venceu a eleição em Sítio Novo-MA com 6.699 votos (72,24%) contra 2.574 votos (27,76%) do candidato Aécio Neves (PSDB).

De um eleitorado de 12.980, compareceram para votar 9.540 eleitores (73,50%). As abstenções somaram 3.440 votos (26, 50%). Brancos 63 votos (0,66%) e nulos 204 votos (2,14%).

veja o resultado.


sábado, 25 de outubro de 2014

Dilma Rousseff vence eleição, diz pesquisas

Presidente Dilma Rousseff aparece na frente nas três pesquisas que foram divulgadas nesta noite; no Ibope, sua vantagem é de seis pontos; no Datafolha, de quatro; no Vox Populi, de 6,9 pontos. Ibope coloca a presidente Dilma Rousseff com 53% dos votos, contra 47% do senador Aécio Neves, oscilação ocorreu dentro da margem de erro; na pesquisa anterior, Dilma tinha 54% e Aécio 46%; na pesquisa Datafolha, ela tem tem 52%, contra 48% do senador Aécio Neves, o que configura empate técnico, no limite da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos; na Vox, os números são 53,4% a 46,5%; resultado da disputa presidencial mais emocionante de todos os tempos será conhecido neste domingo, às 20h


sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Movimento força jovem é fundado em Sítio Novo

Jovens de Sítio Novo
Um grupo de 15 jovens se reuniram hoje, as 15:00 horas, na sede do SINSERPSINO para fundar a União da Juventude Sitionovense (UJS).

Participaram da fundação, o Presidente do SINSERPSINO, Professor Abel; O Secretário Geral do SINSERPSINO, Professor Jean Carlos; O comerciante Pablo Viana  e a estudante de Ciências Políticas, Fabíola Viana.

Durante a abertura, o Presidente do SINSERPSINO disse que é importante a participação do jovem nas decisões de governo e que suas ideias devem ser promovidas para que as políticas públicas sejam direcionadas a juventude.

Ele leu o estatuto de fundação da União da Juventude Sitionovense (UJS) que contém oito artigos estabelecendo as diretrizes da LEI Nº 12.852, de 5 de agosto de 2013 , que institui o Estatuto da Juventude no Sistema Nacional.

Após lida, os jovens aprovaram o estatuto e elegeram dois jovens para representá-lo. 

Foi eleito para Presidente o Jovem Felisberg de Andrade Moreira e a vice-Presidente Layana Cristina Viana Lima de Barros, ambos estudantes da Escola Estadual Parsondas de Carvalho e Pré-Candidatos ao Grêmio Estudantil, que terá eleições dia 30 deste mês.

Após o resultado, uma proposta já ficou definida para serem realizada pela equipe. Trata-se da internet banda larga para as praças de Sítio Novo. 

O Presidente do SINSERPSINO, Professor Abel disse que o sindicato poderá ser parceira na empreitada, permitindo o uso do CNPJ para contratação dos serviços. 

Disse ainda, que irá buscar patrocínio com entidades governamentais para compra do kit de internet e, que levará os jovens ao Prefeito João Piquiá  (PTB) para que os mesmo sejam reconhecidos nas instâncias governamentais. 

A próximo reunião dos jovens ficou definida para o dia 28 de novembro, as 16:00 horas, na sede do SINSERPSINO.

VEJA MAIS FOTOS DO EVENTO